sexta-feira, 27 de abril de 2012

Dias Melhores Jota Quest


Vivemos esperando
Dias melhores
Dias de paz, dias a mais
Dias que não deixaremos para trás

Vivemos esperando
O dia em que seremos melhores
Melhores no amor, melhores na dor

Melhores em tudo

Vivemos esperando
O dia em que seremos para sempre
Vivemos esperando
Dias melhores para sempre
(Composição: Rogério Flausino)

Quando é que seremos melhores em tudo? Será que em algum momento de nossas existências atingiremos os sonhados dias melhores para sempre?
E o que estamos fazendo para que isso aconteça? Esperamos de braços cruzados ou tentamos fazer de nossas vidas o melhor que podemos? Conheço pessoas que só reclamam, que não acreditam em ninguém e em nada (nem em si mesmas). Os dias melhores não são para elas... Ou será que tudo pode mudar para melhor, até para pessoas assim?
Li um artigo em que ao falar de seu pai, um célebre escritor dizia ter adquirido a esperança na vida e a confiança em si mesmo a partir da perspectiva sempre otimista de seu progenitor em relação a cada novo dia que começava. Dizia o pai para seu filho que ele estava pronto para fazer a vida melhorar a cada novo nascer do sol...
Quantos entre nós pensam e agem dessa forma? Você é assim, otimista?
Acreditar que as coisas podem dar certo é o primeiro passo que temos que dar em direção a um futuro muito melhor. Não adianta nada reclamar dos outros se não fizermos a nossa parte. Os dias melhores dependem principalmente de nossa atitude ativa, positiva e sincera...
É, o mundo carece de mais sinceridade, pensamento positivo e ação. Somos nós os dínamos que movimentam o planeta e que tentam fazer, mesmo que agindo como formiguinhas num imenso formigueiro, o amanhã mais digno, justo e fraterno.
Esperar dos governantes, reclamar para o bispo, brigar com os filhos ou com o cônjuge, ficar estressado ou ter colapsos nervosos não resolve as questões do dia a dia. Por isso, arregaçe as mangas de sua camisa, não perca a esportiva, mantenha-se sempre bem disposto, com o melhor dos humores e faça a diferença.
Quando acordo tenho sempre em mente que preciso fazer o mundo melhorar, mesmo que para isso só possa contribuir com mais um tijolo para a construção de nossas vidas. Mas, se todos nos preocupássemos em colocar, cada qual, o seu próprio tijolo nesse mundo em construção com certeza ele seria muito mais belo...
Berthold Brecht, em seu célebre poema Memórias de um Trabalhador que Lê, nos diz com enorme clareza que as grandes realizações da humanidade foram erguidas a partir do suor de seres humanos anônimos, como eu ou você. Somos nós que realmente fazemos o mundo melhor (ou pior)...
Não apenas espere pelos dias melhores. Faça força para que hoje, amanhã, depois de amanhã e todos os demais dias sejam sempre melhores... é o mínimo que podemos fazer... os resultados, com certeza, serão surpreendentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arquivo do blog

Postagens populares

Total de visualizações de página

Só se vê bem com o coração....

Postagens populares

A Metamorfose - Franz Kafka

A Metamorfose - Franz Kafka
Sinopse - A Metamorfose - Franz Kafka A Metamorfose é a mais célebre novela de Franz Kafka e uma das mais importantes de toda a história da literatura. O texto coloca o leitor diante de um caixeiro-viajante - o famoso Gregor Samsa - transformado em inseto monstruoso. A partir daí, a história é narrada com um realismo inesperado que associa o inverossímil e o senso de humor ao que é trágico, grotesco e cruel na condição humana - tudo no estilo transparente e perfeito desse mestre inconfundível da ficção universal. A Metamorfose - Franz Kafka

Saberes Diferentes

Saberes Diferentes
"Num largo rio, de difícil travessia, havia um barqueiro que atravessava as pessoas de um lado para o outro. Numa das viagens, iam um advogado e uma professora. Como quem gosta de falar muito, o advogado pergunta ao barqueiro: - Companheiro, entende de leis? - Não. - Responde o barqueiro. E o advogado compadecido: - É pena, perdeu metade da vida! A professora muito social entra na conversa: - Senhor barqueiro, sabe ler e escrever? - Também não. - Responde o remador. - Que pena! - Condói-se a mestra - Perdeu metade da vida! Nisso chega uma onda bastante forte e vira o barco. O barqueiro preocupado pergunta: - Vocês sabem nadar? - Não! - Responderam eles rapidamente. - Então é pena - conclui o barqueiro - Vocês perderam toda a vida!" "Não há saber mais ou saber menos: Há saberes diferentes" (Paulo Freire). Pense Nisso... e valorize todas as pessoas com as quais tenha contacto.

PROJETO PENSAR

PROJETO PENSAR
REFLETINDO SOBRE A VIDA, UMA EXPERIÊNCIA FILOSÓFICA NA ESCOLA

Simpósio : Praticando a Paz e a Cidadania no Sapopemba.

Simpósio : Praticando a Paz e a Cidadania no Sapopemba.
Em breve !!!!!!!Tem como objetivo estimular o interesse científico dos alunos da rede pública de ensino por meio da participação em atividades teóricas e práticas, convivência com os procedimentos e as metodologias adotadas na pesquisa científica. O programa tem a participação de professores e alunos da E.E.Sapopemba.

Razão e Emoção – É preciso inteireza

Razão e Emoção – É preciso inteireza
Existem situações em nossa vida em que temos de escutar as informações, os sons e os sentimentos que nos rodeiam para tomarmos decisões, caminhos ou realizar escolhas. São inúmeras estas informações e, tome-se como exemplo, as informações detalhadas abaixo: Externas: São aquelas informações advindas de conselho de amigos, de especialistas, análises financeiras, opinião pública, pesquisar o cliente, entre muitas outras. Próprias: São as informações advindas de nossas próprias percepções, sentimentos, experiências, além daquelas que vêm de nosso conhecimento técnico, nossa razão e nossa emoção. Muitas vezes, não existe um caminho único a ser seguido, do mesmo modo que também não existe uma verdade absoluta a ser acreditada. Muitas escolhas podem até levar-nos para os mesmos lugares ou, até mesmo, para resultados bem distantes. Certa vez, o filósofo Confúcio disse: “Onde quer que vás, vá de todo o coração”. Confúcio estava nos dizendo que precisamos ser fiéis a nós mesmos, utilizarmos da razão, porém ela deve ser embebida na sensibilidade, estarmos presentes em razão e em emoção. Devemos agir tecnicamente, porém com o sentimento daquele que ama o que faz, respeita seus ideais e, principalmente, tem respeito por outras pessoas. Basta você olhar para os lados e verá quantas pessoas estão trabalhando sem nenhum tipo de sentimento, “ligadas no modo automático”, exercendo suas funções de forma mecânica, alheias aos acontecimentos e aos outros seres humanos que os cercam. São pessoas que atuam sem prazer, sem vida, sem amor próprio ou amor pelo próximo. Na vida, é preciso agir com inteireza. Inteireza é uma palavra definida no dicionário como a qualidade ou o estado daquilo que é inteiro; com integridade física e moral. Precisamos estar inteiros para darmos o melhor de nós mesmos por aquilo que estamos fazendo naquele momento. Estar inteiro também é estar com o outro, pelo outro, interessados no bem-estar e no sucesso do outro, tais como clientes, parceiros, família, amigos e comunidade. Um trecho da música "Por Inteiro" do cantor e compositor Wilson Sideral diz: “Não importa o arranjo, em conjunto somos mais do que solo”. Estar inteiro não é estar sozinho, mas sim em sintonia com o mundo. Juntos somos mais do que um. Da próxima vez que tiver que tomar uma decisão, estiver atendendo um cliente ou se relacionando com algo ou alguém, esteja por inteiro. E não se esqueça do velho amigo Confúcio: “Onde quer que vás, vá de todo o coração”. Afine-se para o sucesso! Fabiano Brum é Palestrante especialista em motivação, vendas, empreendedorismo e educação, vem destacando-se em palestras, cursos e seminários pela maneira inteligente e criativa com que alia seu conhecimento musical aos temas de seus treinamentos

Arquivo do blog

JovensFilósofosnoSapopemba

jovensfilosofosnosapopemba

jovensfilosofosnosapopemba
blog - Espaço educacional e Cultural

Seguir Blog

Páginas